Bem-vindo à Wiki Azulejar Belém!

Este site colaborativo conta com informações artísticas, históricas e matemáticas acerca dos azulejos históricos da cidade de Belém. Criamos este site como parte de um projeto de pesquisa intitulado "Trilha interdisiciplinar pelos azulejos históricos de Belém".

Faça uma viagem pela história dos azulejos de Belém e aprenda suas relações com a matemática e a arte!

GUTrTOc.png

Marco do Berço de Belém

Sua fachada azulejar foi restaurada a partir de réplicas fabricadas com base nos azulejos remanescentes. Os azulejos presentes na sua fachada são característicos do final do século XVII, onde o azulejo em policromia passava a se popularizar.

vMuOhVA.png

Marco Eclético

Símbolo da Belle Epoque, o Palacete Pinho foi uma das construções responsáveis por unir as tendências simétricas da arquitetura eclética à cultura azulejar da cidade de Belém, trazendo fortes traços de simetria de reflexão nas suas peças e padrões.

ITNClSa.png

Marco Op Arte

Diversos padrões azulejares com motivos Op arte são encontrados na cidade de Belém, o deste marco utiliza isometrias de translação aliada à alternância entre preto e branco para a criação de uma ilusão de movimento.

Raio que o parta

O “Raio que o parta” é uma arquitetura tipicamente paraense, representante de uma apropriação popular do modernismo brasileiro. Esta consiste em painéis de azulejos inteiros ou fragmentados, ou de pastilhas cerâmicas, assentados em platibandas no formato de raio. Este movimento foi uma culminância das tendências modernistas que a arquitetura brasileira vivia nas décadas de 50 e 60 e da cultura azulejar presente no Pará.

rA826ds.png
azulejaria_em_belem.jpg

Tipologia

Nesta pesquisa adotamos a tipologia utilizada pelas autoras do livro Azulejaria em Belém do Pará - Inventário – Arquitetura civil e religiosa – Século XVII ao XX. Publicado em comemoração aos 400 anos da fundação de Belém.

Sobre nós

Conheça a equipe por trás do site e o projeto de pesquisa que levou a criação desta wiki!